»Home »Notícias: Notícias apdi

NOTÍCIAS

NOTÍCIAS APDI

Covid-19: Instalações encerradas

12-10-2020

Face ao agravamento da pandemia COVID19 , a APDI encerrará por tempo indeterminado o atendimento presencial, na sede da associação, optando pelo regime de teletrabalho a partir de 12 de outubro de 2020. Para qualquer esclarecimento contactar para o telemóvel 932086350 ou pelo e-mail – geral@apdi.org.pt.

Continuaremos a assegurar a continuidade das consultas de nutrição e de psicologia por internet.

Vacine-se e Previna-se para o inverno!

12-10-2020

Já estamos perto do inverno, estação que pede cuidados especiais aos doentes imunodeprimidos. Nesta altura mais fria do ano, convém não se esquecer de tomar a vacina da gripe e verificar se tem em dia as vacinas da pneumonia (Pneumovax 23 e Prevenar 13).

Se precisar de avaliar esta situação, não se esqueça de falar com o seu médico.

Quanto à vacina da gripe, a Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou recentemente uma norma (16/2020) onde está considerado que os doentes imunodeprimidos, ou que tomem mais de 20 mg/dia de cortisona, são um grupo de risco clínico, estando por isso abrangidos pela vacinação gratuita, que é administrada maioritariamente nos centros de saúde. Mas para beneficiar desta situação precisa de uma declaração médica a atestar a sua inclusão no grupo de risco clínico. Saiba mais sobre a norma aqui.

Quanto às vacinas da pneumonia (vacinas pneumocócicas), segundo a norma 011/2015 da DGS, também podem ser gratuitas para os imunodeprimidos, ou que tomem mais de 20 mg/dia de cortisona, ou que se encontrem com profunda imunossupressão iatrogénica, caso a vacina lhes dê imunização mas Por decisão clínica, equacionada caso a caso. Para usufruir deste benefício tem de conversar sobre este assunto com o seu médico. Em princípio, os doentes que já iniciaram terapêutica imunossupressora já tomaram as vacinas da pneumonia antes desta medicação. Contudo, se tiver dúvidas, verifique no seu boletim de vacinas ou junto do seu centro de saúde. Pode ler esta norma aqui.

A APDI solicitou um parecer ao Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal (GEDII) sobre estas vacinas. A vacina da gripe é absolutamente necessária por o risco de infeção ser elevado nos doentes imunodeprimidos  com DII. O documento está anexado e recomendamos a sua leitura.

A vacinação é a melhor forma de prevenção e salvar vidas. Nesta fase da pandemia que estamos a viver, é especialmente importante que tome a vacina da gripe e as vacinas da pneumonia, visto que os sintomas respiratórios são coincidentes.

No nosso congresso, a decorrer no próximo dia 17 de outubro no facebook e no YouTube, estará presente uma infeciologista que irá também abordar a questão das vacinas. Reserve já na sua agenda. Não é necessária inscrição prévia.

Vacinação dos doentes com DII_GEDII / 249 KB

» Download

Tudo sobre os Biossimilares

16-09-2020

Os biossimilares são medicamentos similares ao medicamento biológico que os antecederam na indicação terapêutica para a qual são aprovados. É uma de várias opções na área terapêutica que permite às pessoas com DII viver mais e melhor a cada ano que passa.
 
Mas será que estes fármacos, que aparecem no fim do período patente dos biotecnológicos de marca, garantem ou não a mesma eficácia que os originais e a mesma qualidade que os medicamentos de marca?

No regresso do programa Dar a Volta à DII, falámos com o Dr. Pedro Soares, farmacêutico hospitalar, que ajudou a desvendar alguns dos mitos e informações erradas que persistem na área dos medicamentos biossimilares.

Veja a entrevista na íntegra, bem como todos os episódios anterios, no canal da APDI no YouTube.

30 associações de doentes trabalham pela proximidade no acesso a medicamentos hospitalares

11-09-2020

Depois de uma carta aberta divulgada na Comunicação Social e entregue aos principais responsáveis governamentais da Saúde, 30 associações de doentes participaram no projeto de elaboração da proposta para “Acesso em Contexto de Proximidade a Medicamentos Dispensados em Regime Ambulatório de Farmácia Hospitalar”.

Esta proposta foi apresentada no passado dia 10 de Agosto pelas associações de doentes, em reunião realizada com responsáveis do Grupo de Trabalho para a Dispensa de Proximidade de Medicamentos.

O Grupo, cuja criação foi declarada no Despacho n.º 6971/2020, é da responsabilidade da Dra. Jamila Madeira, Secretária de Estado Adjunta da Saúde, e tem a sua orientação a cargo do Infarmed. 

Aguardamos pela versão final do trabalho, que será apresentada pelo grupo em breve. Até lá pode ler o documento já apresentado.

GTAP MP Medicamentos Hospitalares / 1.69 MB

» Download

Medidas de apoio para alunos doentes de risco em tempo de pandemia

11-09-2020

Foi recentemente divulgada a possibilidade de aplicação de medidas de apoio educativas para alunos considerados doentes de risco, de acordo com as orientações da autoridade de saúde.

A informação foi avançada pelo despacho 8553-A/2020 publicado em Diário da República (n.º 173/2020, 2.º Suplemento, 2.ª série, de 4 de Setembro), dando assim um apoio significativo aos alunos que se encontrem impossibilitados de assistir, de forma presencial, às atividades letivas e formativas em contexto de grupo ou turma.

Se for o caso do seu filho, questione o médico dele sobre esta questão e, em caso positivo, pode solicitar-lhe uma declaração que ateste a condição de saúde do aluno e que justifique, assim, a sua especial proteção. O mesmo se sucede caso seja um estudante maior de 18 anos. Basta proceder conforme o despacho.

Despacho 8553 / 282 KB

» Download